Telhados para a moradia a construir no nosso terreno

telhados para a moradia a construir

Nestas minhas pesquisas a propósito da casa que estamos a pensar em construir agora que temos o terreno para realizar os nossos sonhos, deparei-me com a questão dos vários tipos de telhados para a moradia a construir no nosso futuro próximo.

O principal objectivo dos telhados nos trabalhos de construção civil obviamente, é que cumpram a sua função de protecção, nomeadamente de impermeabilização e isolamento contra a radiação solar, a acção do vento e chuva, mas também acho importante fazer escolhas baseadas na estética e, claro, nas questões económicas, quer em relação a preços, quer em relação à durabilidade, manutenção e conservação.

Os telhados que são mais comummente utilizados em trabalhos de construção civil são coberturas inclinadas revestidas por telhas, tipicamente de cerâmica, mas que podem também ser em pedra, cimento, metal, vidro, plástico, madeira, entre outros materiais.

As telhas cerâmicas são, então, as mais tradicionais e mais utilizadas, enquadrando-se perfeitamente em qualquer paisagem, urbana e rural, tendo grande durabilidade. Em Portugal, existe um vasto leque de telhas de cerâmica utilizados em trabalhos de construção civil, nomeadamente a telha lusa, telha marselha, telha de canudo, telha romana e telha plana.

Eu, pessoalmente, já o disse muitas vezes, gosto de estilos modernos. Por isso, de acordo com o que estive a ver, já me decidi em relação aos tipos de telhados para a moradia a construir no nosso terreno: agradam-me as casas modernas com telha platibanda, isto é, as chamadas “casas sem telhado” ou com telhado embutido. Tratam-se de casas que têm coberturas escondidas por um muro, que se chama de platibanda.

Sendo uma tendência da arquitectura moderna, estes tipos de telhados que escolhi para a moradia a construir no nosso terreno possuem uma menor inclinação do que as casas com telhados de cerâmica mais utilizados em trabalhos de construção civil, utilizando-se geralmente telhas de aço galvanizado ou com pintura e de alumínio, embora esta última opção seja mais cara. Antigamente também se utilizavam telhas de amianto, mas já se sabe o perigo que estas acarretam para a saúde. Por isso a utilização e comercialização de amianto e/ou produtos que o contenham foi proibida em Portugal a partir de 1 de Janeiro de 2005.

Se acabarmos por escolher um destes tipos de telhados para moradia a construir no futuro vamos ter de ter atenção especial às calhas, que têm de ter grande capacidade de vazão de água, assim como instalação e pingadeiras.

O melhor de tudo, é que parece que esta solução de telhados platibanda são mais baratos do que os tradicionais!

Foto: Construindo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *